Posts

Como expandir o negócio

como expandir o negócio
Normalmente, quando o empreendimento está no caminho certo, sempre chega o momento em que empresário começa a pensar em expandir o negócio. Porém, é de extrema importância ter cuidado ao tomar a decisão definitiva, pois a expansão é algo que demanda muita dedicação.

Antes de tudo, os empreendedores que buscam resultados melhores para as suas Pequenas Empresas devem verificar se já utilizaram todas as estratégias possíveis para aumentar as vendas para os clientes que já possuem. É importante não se precipitar e manter em mente que grande parte dos investimentos não geram uma resposta imediata.

Como saber se chegou a hora?

Para ter certeza de que você está pronto para expandir seu negócio é necessário observar os fatores relacionados ao mercado, os fatores internos e os fatores pessoais. Veja a seguir alguns dos itens a serem verificados para auxiliar na sua tomada de decisão.

  • Fatores relacionados ao mercado:

1. Analise se você possui clientes fiéis e satisfeitos.

2. Verifique se a sua empresa apresentou lucro consistente pelo menos nos últimos três anos.

3. Busque garantias de que o mercado em que você atua tem tendência ao crescimento.

  • Fatores internos:

1. Verifique se a situação financeira da sua empresa está em equilíbrio.

2. Analise se os colaboradores da sua empresa estão em plenas condições de encarar esse processo de expansão.

3. Procure verificar se a sua estrutura atual o está impedindo de atender alguns clientes e se a equipe está sobrecarregada.

  • Fatores pessoais:

1. Tenha certeza de que você está preparado para aumentar o nível de dedicação à empresa.

2. Verifique se os resultados pós-expansão recompensarão todo o seu empenho.

3. Pergunte a si mesmo se possui capacidade de liderar esse processo, ou se precisará buscar auxílio.

4. Busque saber se há compreensão por parte de seus familiares, pela necessidade de dedicação extra que esse processo exigirá.

Quais são as possibilidades de expansão?

Após garantir que você está pronto para escalar as suas operações é preciso identificar de que modo será realizada a expansão. Confira abaixo alguns modelos que podem ser adotados. Analise as opções e escolha a que mais se adequa a sua situação.

Nova unidade

Antes de se dedicar a esse modelo o empresário deve ter certeza de que terá resultados suficientes no futuro, para manter-se de pé e sustentar a nova unidade. Além disso, saber que os clientes se interessam pela existência de uma unidade em outro lugar.

  •  Positivo

– Torna mais seguro o monitoramento da expansão.

– Trata-se de um modelo lucrativo.

  • Negativo

– Investimento relativamente alto.

– Arrisca a imagem da marca.

– Risco de perda de cliente caso ocorra distanciamento da essência da empresa.

Franquia

Caso o empreendedor opte por este modelo, ele dividirá seus esforços com outros empreendedores. Ele, no caso o franqueador, deverá ter processos bem amarrados para passar adiante, bem como dar suporte aos franqueados.

  • Positivo

– Gera resultados em menos tempo.

– Há divisão de custos com franqueados, ou são inteiramente assumidos por eles.

– Facilita a negociação com fornecedores, pelo aumento do volume de compras.

  • Negativo

– Requer um planejamento estratégico bastante detalhado.

– Necessidade de extrema atenção para garantir posicionamento e valores únicos em todas as unidades.

Diversificação de produtos

Neste modelo, o empresário pode investir no crescimento do negócio por meio do aumento do mix de produtos. O empreendedor deve atentar para a oferta de produtos ou serviços que tenham algum tipo de relação com aquilo que já é oferecido.

  • Positivo

– Pode atrair clientes potenciais com o aumento da oferta.

– Cliente investe mais por ter mais opções à sua disposição.

  • Negativo

– A marca corre o risco de não ter seus propósitos claramente reconhecidos pelos clientes, caso aumente o mix além do necessário.

Canais de vendas

Uma outra forma de expandir as operações é considerar atuar, por exemplo, por meio da internet. Tanto com vendas em e-commerce, como fazendo uso do relacionamento em redes sociais para captar mais leads.

  • Positivo

– Comunica com mais facilidade a identidade do negócio.

– Alcança melhor o público-alvo.

– Opção mais barata.

  • Negativo

– Exige muito cuidado no atendimento aos clientes, pois ações equivocadas podem destruir a imagem da marca online.

Duas fintechs brasileiras do mercado de câmbio anunciam fusão


Nesta semana, duas startups de destaque no mercado de avaliação e aquisição online de moedas estrangeiras realizaram uma fusão. Leia mais

Startup parceira do Rock in Rio 2017 recebe aporte de R$ 1 milhão

Na última semana, uma startup que é responsável pelo processo de reservas de hotéis para eventos recebeu um aporte de R$ 1 milhão e deseja se posicionar mais fortemente como referência no mercado em que atua. Um grupo de investidores investidores-anjo foi o responsável pela aplicação do valor em questão. Leia mais

Como melhorar o seu processo de vendas

 

Se o seu negócio está passando por uma fase de vendas ruim, é preciso identificar por que isso está acontecendo e agir para corrigir a situação. Os problemas que envolvem as vendas podem existir por diversos fatores: um momento difícil na economia, falhas nos processos internos ou até mesmo a falta de preparo da equipe responsável pelas vendas. Leia mais

Marketplace de equipamentos de saúde recebe aporte da Kick Ventures


A startup Portal do Médico anunciou na última semana que a Kick Ventures é a sua mais nova sócia-investidora. Ela se trata de um fundo de capital venture, que já realizou investimentos em vários países, ultrapassando o número de 70 startups investidas. E a healthtech, neste ano, participou de negociações que já envolvem um valor acima de R$ 100 milhões de reais. Leia mais

Como determinar o seu mercado-alvo

mercado-alvo
Existem diversos aspectos a serem pensados para dar início a um negócio que consiga alcançar o sucesso. Nesse contexto, a definição do mercado o qual se deseja atingir e a compreensão do cliente-alvo são determinantes para o crescimento do empreendimento. Leia mais

A importância da comunicação nas pequenas e médias empresas

O investimento em comunicação, mesmo nas pequenas e médias empresas, deve ser uma prática constante. Isso porque qualquer negócio precisa estar em contato com seu público, mostrando-se relevante e destacando-se em relação à concorrência. Leia mais

A importância do bom relacionamento com o cliente

relacionamento-cliente

Para que uma empresa tenha um bom funcionamento e a possibilidade de crescer, ela deve focar constantemente na experiência dos seus clientes. Eles caracterizam o principal ativo da empresa e quando iniciam um relacionamento com ela, passam a ser considerados uma fonte de receita recorrente. Leia mais

O seu negócio é autossuficiente?

autossuficienteMuitos empresários têm dificuldade de confiar algumas tarefas a seus funcionários, por falta de confiança ou simplesmente por acharem que são os únicos capazes de realizar algo do modo certo. Porém, para que a empresa possa crescer é importante dar mais espaço para que outros façam parte dos processos. Leia mais