7 fontes de financiamento para empresas

Buscar auxílio financeiro é uma alternativa que empresários utilizam para garantir o desenvolvimento do negócio. O capital levantado possibilita que empresas em estágio inicial sigam em frente com a aplicação de suas ideias, assim como permite que negócios em estágio mais avançado invistam na expansão da empresa. Leia mais

Notícia do dia: tudo sobre Máquina de Vendas


“Mesmo que você tenha uma empresa menor, com poucos funcionários, quanto antes conseguir transformar o processo de vendas em algo escalável, menos irá depender da sorte ou da direção do vento para fechar a conta no final do mês.” Leia mais

Notícia do dia: por que é mais fácil empreender em um negócio digital?


“Dentre as principais vantagens, é possível destacar três pontos principais: o investimento inicial pode ser bastante reduzido; a escalabilidade, ou seja, a capacidade de atingir diversas regiões; e a facilidade para gerir sua equipe.” Leia mais

Notícia do dia: como aumentar a lucratividade da empresa


“É bom lembrar que o aumento da lucratividade não depende apenas do crescimento das vendas, mas de um conjunto de iniciativas de gestão.” Leia mais

Empresa Quero Educação recebe aporte de R$ 100 mil

Graduação - Quero EducaçãoA Quero Educação, empresa voltada para o ramo de educação, recebeu um investimento no valor de R$ 100 mil, do fundo 500 Startups.

Segundo Rodolfo Pinotti, representante da 500 Startups, a Quero Educação teve a capacidade de conquistar um valor único no mercado. E, por mais que a empresa não esteja mais em um estágio classificado como inicial, seu potencial crescimento é considerável.

Já Bernardo Pádua, CEO da empresa que acaba de receber o aporte, alega que esse investimento proporcionou grande animação. Pois, com ele, será possível seguir trabalhando para a expansão do negócio. Além disso, a Quero Educação poderá contar com o expertise internacional do fundo responsável pelo valor recebido.

Fundada no ano de 2010, em São José dos Campos, a empresa visa auxiliar as pessoas que desejam ingressar em instituições de ensino, porém, pagando um valor acessível a elas. Os responsáveis pela criação do negócio foram: Bernardo Pádua, Lucas Gomes e Thiago Brandão.

Os três, que frequentaram juntos o ITA (Instituto Tecnológico de Aeronáutica), tiveram a ideia do negócio quando perceberam um obstáculo na área da educação. De um lado, era possível observar as faculdades em busca de alunos, com vagas sobrando. E do outro lado estavam as pessoas em busca de uma oportunidade de ingressar em instituições, pelas quais fossem capazes de pagar.

Como consequência da percepção desse problema na educação brasileira, criaram a plataforma Quero Bolsa. Local onde as Instituições podem cadastrar as vagas ofertadas, assim como estudantes podem pesquisar e acessar informações sobre os cursos de seu interesse e os valores deles.

Não só buscando recompensa financeira, mas também tentando conquistar uma qualidade de vida melhor para os estudantes, essa empresa vem dominando um grande espaço no mercado. Hoje, ela já conta com mais de 1.000 instituições parceiras e mais de 200.000 estudantes matriculados por meio do Quero Bolsa.

Portanto, foi nesse contexto que a Quero Educação mostrou a que veio e se tornou destaque no que propõe. Com a capacidade de reconhecer um mercado com uma enorme demanda e que, além de se tratar de algo relevante para a sociedade, permite que o negócio se expanda cada vez mais.

E você? Está trabalhando para que o seu negócio alcance o sucesso? Deseja que a sua empresa seja rentável, escalável e autogerenciável? Fique por dentro dos conteúdos do Empresa Vendável para saber mais!

Notícia do dia: 5 dicas para seu negócio fazer sucesso na internet


“A internet vem crescendo e, cada dia mais, sendo importante em todas as áreas. Para ser bem sucedido nos negócios, é imprescindível ter boa presença digital.” Leia mais

Gupy, startup da área de recrutamento, recebe aporte de R$ 1,5 milhão

Gupy recebe investimentoO fundo de investimento Yellow Ventures, que tem o fundador do iFood no comando, foi um dos responsáveis pelo aporte no valor de R$ 1,5 milhão recebido pela Gupy. Outro fundo envolvido no investimento foi o Canary, que é conduzido pelos fundadores do Peixe Urbano, Printi e M Square. Leia mais

Notícia do dia: como esta técnica simples de marketing já salvou muitas empresas


“Por meio de produção de conteúdo relevante e de relacionamento com o consumidor, um negócio consegue atrair seus clientes e gerar vendas mais qualificadas de seus produtos e serviços.” Leia mais

Como lidar com a crise na empresa

Cenários de crise podem surgir a qualquer momento, mas será que é possível fazer com que o seu negócio sobreviva, mesmo que a situação não pareça favorável? A resposta é : sim. Leia mais

Chegou o momento de vender a empresa?

entregando chaves ao vender a empresa
A ideia de vender a empresa é algo que pode passar pela mente de qualquer empresário. Mas se trata de uma decisão importante, que pode ser prorrogada por diversas vezes, por diversos motivos. Dentre eles estão a falta de conhecimento para guiar o processo, a incerteza quanto ao valor correspondente à empresa e a dificuldade de reconhecerem se já chegou o momento de vender a empresa. Leia mais